30 dezembro 2010

Sobre 2011

Segundo o horóscopo Chinês, 2011 é o ano do Coelho.
Durante todo este período, a influência do Coelho terá um efeito sobre todos os demais signos. No geral, este será um ano para descansar após os muitos conflitos que aconteceram no ano anterior, devido à influência do Tigre (2010).

O ano do Coelho é uma época para aproveitar o clima calmo. É um tempo propício para ganhar dinheiro sem muito esforço e ser feliz sem muitas preocupações. Também é um bom período para a diplomacia.  Contudo, o ano do Coelho do horóscopo Chinês também marca um período de ordem e regras. Nesta época, as pessoas estarão mais dispostas a cumprir os regulamentos e a colaborar para manter a ordem. Além disso, é bom estar sempre atento para as oportunidades que o ano do Coelho pode trazer. Aspirado daqui
***

29 dezembro 2010

Imposto AMBIENTAL

Não bastasse o já abusivo rol de impostos pagos pelo contribuinte brasileiro, eis que surge mais um para estuprar ainda mais o bolso do proletariado. Falo da inspeção veicular para  verificação da emissão de gases poluentes em veículos automotores que custará R$ 113, 90 (R$ 68,90 da inspeção veicular +  R$ 45,00 do selo eletrônico) e será cobrada já agora em 2011 pelos DETRAN´s de todo país. Calma amigo leitor, ainda nos restam os ônibus (sic) coletivos...

A inspeção veicular será datada conforme final de placa de cada veículo (como já acontece com o IPVA) e será obrigatória para aquisição do documento do veículo. Na Europa e EUA, essa inspeção já acontece há quase duas décadas de maneira voluntária e gratuíta já que políticas de responsabilidade socio-ambiental já fazem parte da cultura daqueles países  (nem precisava dizer), não sendo necessário portanto, a obrigatoriedade do imposto. Já no Brasil, bom, deixa pra lá...

Perguntado sobre o "retorno em benfeitorias" desse imposto para o contribuinte e condutor de veículos, o superintendente do DETRAN-RN, Carlos Theodorico de Carvalho, viajou na maionese respondendo algo que nada tinha haver com o perguntado. Assim sendo, cabe a nós mais uma vez, desembolsar grana para pagar dívidas de campanha, propinas, caixas dois e etc. Como diria meu velho avô: "Chapéu de otário é marreta meus amigos!!!". Logo, peeeegguuee!!!

28 dezembro 2010

C-L-O-N-E



Um amigo, blogueiro e leitor, me enviou esse link por email. Fiquei estarrecido com a semelhança, mas eu JURO, não SOU EU. Não tenho nenhuma foto com este semblante e muito menos vestido assim. O EU real é o do quadro do lado inferior direito da tela. Escrevi email para o site Charges.com pedindo alguma explicação sobre a coincidência. A princípio meu CLONE se chama Carlos Filho e mora em Cupira - Pernambuco. Aguardem os próximos episódios desse mistério... 

27 dezembro 2010

Falsa CULTURA

• Acrisolado é como se chama o primeiro sintoma de insolação.
Allegro ma non troppo é como os italianos chamam os bêbados que ainda não estão completamente embriagados.
• Anatomia é o corpo feminino quando está sem roupa.
Safari é uma palavra africana usada quando os caçadores são atacados pelas feras. Equivale a "Salve-se quem puder!"
• Chama-se de eugenia uma maneira científica de ter filhos lindos.


Fonte: De algum lugar que não lembro mais.

26 dezembro 2010

Homem SEM GELADEIRA (#001)

A primeira geladeira (ou refrigerador) de que se tem notícia foi inventada por volta de 1854 na Áustria, por James Herisson. A pedido de uma fábrica de cervejas alemã, Herisson desenvolveu uma grande caixa hermeticamente fechada capaz de manter a temperatura baixa usando apensa um compressor a vapor. Depois dele, os americanos também aprimoraram o invento e o desenvolveram em escala comercial.

Até então, todas as geladeiras criadas eram usadas para fins industriais. A primeira geladeira doméstica surgiu em 1913 e foi chamada de “Domelre” (Domestic Electric Refrigerator), nome que posteriormente foi substituído por Kelvinator, o qual até hoje é usado como sinônimo da invenção nos EUA.

Antes disso, carnes eram salgadas para não putrefarem, enquanto a maioria dos outros alimentos eram consumidos frescos. Geladeira é um eletrodoméstico de suma importância dentro de um domicílio. Além da cerveja, ela mantém água e iogurte em temperatura ideiais para o consumo. Sem geladeira em casa é uma bosta porque você fica bebendo água quente e tendo que pedir gelo ao vizinho toda hora. Você que TEM duas ou mais geladeiras em casa, pense em quem não tem nenhuma. Doe uma geladeira. Se quiser ajudar, me pergunte como...
   
 ***

25 dezembro 2010

Entre ASPAS (#045)

Que neste Natal, o homem do saco vermelho possa penetrar profundamente no buraco da sua chaminé lhe trazendo um peru bem grande e que a pomba da paz penetre no seu interior e te rasgue de prazer e felicidade. Grande abraço por trás!!

Chipanzé de Barba*, leitor do blog, em Mensagem de Natal dirigida a mim.

23 dezembro 2010

Lendas do ACARI MARAVILHOSO (#007)

Senhor alto, bigode ralo e roupa engraçada vai ao Banco do Cazaqusitão fazer uma transferência. Ele entrega o cartão e sua identidade ao Caixa. No documento com data de expedição recente lia-se: Julieglesias DOS ANZÓIS* (nomes juntos assim mesmo). Curioso o caixa pergunta ao cidadão:
- Seu nome foi em homenagem ao cantor?
- Como?
- O nome do senhor é igual ao do cantor. Foi uma homenagem?
Ele franze a testa e completa:
- Que cantor meu rapaz?
- O espanhol que canta música romântica.
Ele balança a cabeça.
- Não, aquele nasceu depois de mim. Ele é que copiou meu nome.
Peeeeggguuuueee!!!
- Aaahh tá, desculpe.
- Tá desculpado.
Em Acari também moram Shumacher e Olavo Bilac...

 * Sobrenome preservado

Piadas INFÂMES (#054)

Reza a lenda, que um certo ex-prefeito de Mossoró fez uma viagem a Natal e viu logo na entrada da cidade um grande outdoor onde estava escrito: 
"É Natal! Feliz Natal, Natal!"
Ele gostou tanto da idéia que resolveu copiar. Na semana seguinte, havia outdoors em todas as entradas de Mossoró com os seguintes escritos:  
"É Mossoró! Feliz Mossoró, Mossoró!"
 
A culpa é dele.

22 dezembro 2010

Cinco, QUATRO, três, DOIS...

Mais um ano se vai e como é de praxe, é tempo de rever nossas ações, atitudes e/ou omissões. É tempo de refletir sobre mudanças, melhorias e adaptações para o ano que se inicia. Particularmente, tive um excelente ano. Praticamente cumpri quase todas as minhas METAS, exceto é claro, o eterno sonho de aprender a tocar violão. Mas tudo bem, um bom músico não precisa necessariamente ser precoce.

Hoje fiz uma nova lista. Dessa vez uma relação um pouco menos egoísta, ligeiramente mais "social" é verdade. Na reprise, rever hábitos alimentares, praticar um esporte, ganhar na Megasena e etc.  A gente sempre pensa em cumprir todas, mas se a metade for cumprida já tá de bom tamanho (principalmente se isso incluir ganhar na mega-sena). Ademais, que venha 2011 e com ele pespectiva para tornar nossos sonhos realidade.  

E apois?!

21 dezembro 2010

Aniversariante do DIA

 

A você, com amor. 


O amor é o murmúrio da terra,
quando as estrelas se apagam
e os ventos da aurora vagam
no nascimento do dia...
O ridente abandono,
a rútila alegria
dos lábios, da fonte
e da onda que arremete
do mar... 

O amor é a memória
que o tempo não mata,
a canção bem-amada
feliz e absurda...
E a música inaudível...

O silêncio que treme
e parece ocupar
o coração que freme
quando a melodia
do canto de um pássaro
parece ficar... 

O amor é Deus em plenitude
a infinita medida
das dádivas que vêm
com o sol e com a chuva
seja na montanha
seja na planura
a chuva que corre
e o tesouro armazenado
no fim do arco-íris.

(Vinícius de Morais) 

20 dezembro 2010

Piada de BÊBADO

Num ônibus, um padre senta ao lado de um sujeito completamente bêbado, que tenta, com muita dificuldade, ler o jornal.
Logo, com voz empastada, o bêbado pergunta ao padre:
- O senhor sabe o que é artrite?
Irritado, o pároco respondeu:
- É uma doença provocada pela vida pecaminosa e desregrada: Mulheres, promiscuidade, farras, excesso do consumo de álcool e outras coisas!
O bêbado calou-se e continuou com os olhos fixos no jornal.
Alguns minutos depois, achando que tinha sido muito duro com o bêbado, o padre tenta amenizar:
- Há quanto tempo o senhor está com artrite ?
- Eu? Eu não tenho isso não ! Segundo esse jornal aqui, quem tem é o Papa!!! 
*** 

BOM FIM DE SEMANA A TODOS!!!

19 dezembro 2010

Sobre o BREGA


Brega é um gênero musical brasileiro. Todavia, sua conceituação como estética musical tem sido um tanto difícil - uma vez que não há um ritmo musical propriamente "brega" - e alvo de discussões por estudiosos e gente do meio musical. Mesmo sem ter estabelecidas características suficientemente rígidas, o termo praticamente foi alçado à condição de gênero.[1][2][3]
Inicialmente, o termo designava um tipo de música romântica, com arranjo musical sem grandes elaborações, bastante apelo sentimental, fortes melodias, letras com rimas fáceis e palavras simples, em outras palavras, uma música supostamente de "mau gosto" ou "cafona".[1][2] Mas a partir da imprecisão conceitual que o termo carrega desde sua origem, podia abarcar artistas de outros gêneros musicais da música brasileira, o que, na verdade, só reforçaria essa imprecisão.[1]
Para tornar a conceituação mais difícil, o "brega" assimilaria na década de 1990 novos aspectos - alguns dos quais distantes da linha romântica popular, como são os casos do brega pop e do tecnobrega, bastante populares na cena regional do Norte do Brasil, em especial, na cidade de Belém. Além disso, enquanto muitos artistas da "velha guarda" romântica-popular ainda rejeitavam o rótulo "brega", outros assumiram a pecha - um deles, Reginaldo Rossi.[1]
Embora esteja longe de uma definição conceitualmente precisa, o "brega" segue alcançando grande aceitação entre segmentos das camadas populares do Brasil.[1]

FONTE: Wikipédia, a Enciclopédia Livre - 2010.

18 dezembro 2010

Frase do DIA

Tenho duas certezas, uma é que a melhor mulher é aquela que não tem pau. A outra que ser brega é ser acima de tudo ser autêntico.

Falcão, cantor, humorista e compositor cearense. 

15 dezembro 2010

Sobre o BRASIL 2003 a 2010

Hoje, em cerimônia realizada em Brasília, o presidente Lula chamou de "determinada" e "sistemática" sua gestão em relação ao combate a corrupção. Não vamos bancar aqui o oposicionista irresponsável que só sabe apontar os defeitos sem mostrar soluções. Mas classificar o governo como "determinado" em acabar com a corrupção também é demais!! Devagar com o andor que o santo é de barro e o povo não é (ou pelo menos não parece) tão burro assim. Foram mais de 8 mil denúncias objetos de análise, sendo que 2/3 delas foram simplismente engavetadas por falta de "indícios reais" de corrupção (leia-se provas contudentes). Digamos que no governo Lula, a corrupção estava mais "canalha" do que nunca. Nos tempos de FHC, Collor, Sarney e etc, a coisa era feita de maneira mais sutil, enquanto que hoje, os vigaristas parecem rir de nós como os espectadores de circo riem dos palhaços. E é isso que nós somos. 

Lula deixa um legado importante embora questionável no âmbito social. Tornou-se popular graças a estabilidade econômica (herança de FHC) e o seu eterno jogo político de toma lá da cá. O Brasil cresceu, seremos sede de Olimpíada, de Copa do Mundo e estamos entre os países em desenvolvimento que mais crescem economicamente.  Mais há ainda muito o que fazer. Podemos dizer que moramos em um país melhor hoje, mais longe do ideal. Precisamos evoluir na educação, na saúde, na segurança urbana, nos transportes, na habitação, na diminuição das taxas de juros e etc, etc, etc. Antes de ovacionar a si próprio, Lula precisa colocar os pés no chão, agradecer aos céus e render-se a sua intríseca e já conhecida humildade. Não adianta nos finalmente, querer bancar o tampa de furico*.  Sua história já foi escrita, cabe a ele dar um final a altura de sua biografia.  E ponto.

* Tampa de Furico: Sujeito gabola, metido, fodão. 

Entre ASPAS (#045)

Cheguei exatamente na hora certa !!!

Tiririca, deputado federal, sobre o novo aumento do Legislativo e Executivo.

14 dezembro 2010

Humanidade PODRE (#001)

Hoje João Cara de Cunhão*, um senhor calvo, voz de radialista e orelhas de abano, foi ao Banco do Cazaquistão sacar 5 mil dinheiros. Previamente identificado pelo Caixa, o meriante acomodou-se de frente ao guichê e começou a narrar ali mesmo (enquanto o funcionário contava o numerário), uma história que havia se passado com ele já fazia alguns anos. 

Segundo o cabra, um Caixa por engano, havia lhe pago quase dez vezes o valor de seu sálario. Ele disse que na hora percebeu, porém acreditava piamente que o prejuízo seria do banco e não do funcionário (eu  duvido, você duvida?). Meses depois ele voltou ao mesmo banco e percebeu que o Caixa já não estava mais lá. O banco era privado e o funcionário fora demitido.

João Cara de Cunhão*, mesmo sabendo que a culpa era sua, nada fez e prefiriu guardar a história em segredo com medo de acabar sobrando pra ele. Afinal, o erro foi dele!, né?  Não tenho culpa se ele não sabia contar. - Justificou o bastardo.  O Caixa, perplexo com a história, preferiu não comentar e muito a contra-gosto pagou o cliente sem fazer menção a sua justificativa.

Se um dia isso acontecer com você leitor, lembre-se: BANCOS nunca perdem, CAIXAS sim. Sua grana "extra" pode ser o salário do mês de um pai de família e ainda pode lhe custar o emprego. Reflita sobre isso.
 

13 dezembro 2010

Notícia do DIA (#011)


Hebe é demitida do SBT e não tem previsão de voltar a TV.


Enquanto isso alguns leitores do PI manifestam sua opinião.


12 dezembro 2010

Humor do DIA (#002)

Esperança, teu nome é Alexandre.
Ansiedade, teu nome do meio é Disraelly.
Perseverança, teu sobrenome é Fernandes.
Motivação, seu último nome é Da Silva. 
***

11 dezembro 2010

Pensar ENLOUQUECE (#005)

AFINAL, O QUE É O SUCESSO ?!

Aos 02 anos, SUCESSO é conseguir andar;
Aos 04 anos, SUCESSO é não fazer xixi nas próprias calças;
Aos 12 anos, SUCESSO é fazer amigos;
Aos 18 anos, SUCESSO é ter carteira de motorista;
Aos 20 anos, SUCESSO é fazer sexo;
Aos 35 anos, SUCESSO é ter dinheiro;
Aos 50 anos, SUCESSO é ter mais dinheiro;
Aos 60 anos, SUCESSO é fazer sexo;
Aos 70 anos, SUCESSO é ter carteira de motorista;
Aos 75 anos, SUCESSO é ter amigos vivos;
Aos 80 anos, SUCESSO é não fazer xixi nas calças;
Aos 90 anos, SUCESSO é conseguir andar.

Viu?! Tudo vai depender no ponto de vista!!

10 dezembro 2010

Entre ASPAS (#045)

Quando se comete uma besteira e se sente um verdadeiro idiota, é porque se está começando a deixar de sê-lo.

 Millôr Fernandes, jornalista e dramaturgo brasileiro.

09 dezembro 2010

Fábulas FABULOSAS (#002)

                  RUI E O LADRÃO

Reza a lenda que Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal.
Foi averiguar e constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação.
Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e, surpreendendo-o ao tentar pular o muro com seus patos, disse-lhe:
 - Oh, bucéfalo anácrono!!! Não o interpelo pelo valor intrínseco dos meus bípedes palmípedes, mas sim pelo ato vil e sorrateiro de profanares o recôndito da minha habitação, levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei com minha bengala fosfórica, bem no alto da tua sinagoga, e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à quinquagésima potência que o vulgo denomina-se o nada. Entendestes? 
Eis que o ladrão mais confuso que pitomba em boca de banguelo, arregala os olhos, leva a mão na cabeça e diz:  - Dotô, rezumino...eu levo ou dêxo os pato???

MORAL DA HISTÓRIA: SER COMPREENDIDO É UMA TAREFA QUE QUASE SEMPRE NUNCA DEPENDE DE NÓS MESMOS. ÀS VEZES O MELHOR É SER SIMPLES E DIRETO.

*** Contribuição do amigo e leitor Ângelo Baeta.

Rapadura NEWS (#019)

                                 Quem foi bem, foi bem... já que não foi...

 

Com a palavra, nosso comentarista genial!!

08 dezembro 2010

Entre DESEJOS e VÍCIOS (#002)

Eu QUERIA...

Um final de tarde na beira do mar, 
Ouvir uma boa música,
Uma cerveja pra matar a sede,
Fazer e sentir um cafuné,
Correr sem destino,
Lavar os pés no riacho,
Tomar banho de chuva,
Subir em um pé de goiaba,
Jogar pif-paf,
Comer buchada com farinha,
Andar de balão,
Brincar de cobra-cega,
Moder uma rapadura,
Sorrir de um palhaço de circo,
Roer a rapa do tacho de umbuzada,
Fotografar o nascer do sol,
Trocar figurinhas,
Vencer uma corrida de bicicleta,
Jogar uma pelada com os amigos,
Tirar férias remuneradas,
Fazer amor na rede,
Acordar de pés descaços,
Pedalar de manhã cedo,
Dormir agarradinho,
Jantar a luz de velas,
Caminhar na praia,
Viver um sonho impossível,
Fazer o bem,
Doar o que não me serve mais,
Ser voluntário em uma creche,
Correr riscos,
Mamar numa onça,
Contar piadas sem graça,
Cair sobre uma piscina de bolinhas,
Estourar bolas de embalagem plástica,
Nadar em uma piscina olímpica,
Pilotar um helicóptero,
Viajar de cruzeiro,
Assistir a um clássico no Maracanã,
Ganhar na loteria,
Ser pai de dois filhos,
Criar um labrador,
Morar num sobrado perto da praia,
Dirigir um Camaro,
Saltar de paraquedas,
Ganhar na Loteria,
Ser feliz com o pouco que tenho.
***

06 dezembro 2010

Viagem de TREM

Outro dia ouvi de um colega de trabalho, uma história muito interessante que comparava nossa Vida a uma Viagem De Trem.  Tudo começa quando nascemos - na Estação. No  primeiro vagão, dois personagens nos farão companhia durante vários embarques e desembarques ao longo da viagem - Nossos Pais. Infelismente em algum trecho, eles nos abandonaram, nos deixando órfãos de seu amor e carinho. Durante a viagem, algumas pessoas entrarão no nosso vagão permanecendo por muito tempo ou por poucos porém inesquecíveis momentos. Alguns nos serão gratos, outros nem tanto assim. Uns nos renderão seu respeito, outros no máximo a sua indiferença. De alguns seremos eternos amigos, de outros meros conhecidos. Em cada Estação, um Aprendizado. Em cada Vagão, uma Oportunidade. Ou não...

O mais curioso é que ao longo da viagem, passageiros que nos são tão caros, na maioria das vezes se acomodaram em vagões diferentes dos nossos. O contrário porém não será regra. Passageiros não muito bem vindos também serão necessários, pois virá deles uma parcela de nosso longo aprendizado durante a viagem.  Se houvesse escolha,  é claro, lotaríamos vagão de amigos e familiares queridos, de um eterno amor!!  O mais importante é fazermos essa viagem da melhor maneira possível, tentando manter um bom relacionamento com todos, procurando em cada um o que tem de melhor, lembrando que, em algum momento do trajeto, poderemos fraquejar e provavelmente, precisaremos entender isso.  O grande mistério é não sabermos em parada desceremos.  Nesse caso, só temos duas certezas: a primeira é que a viagem não tem volta, a segunda é que o maquinista é DEUS.

*** Esse texto é uma adaptação grosseira do original Viagem de Trem cujo autor é desconhecido. Aos passageiros queridos que deixei para trás, meu abraço e minhas eternas saudades. Aos que ainda estão por embarcar em outro vagão, meus sinceros votos de muito Boa Sorte!! Que nós possamos nos encontrar, nem que seja eventualmente, em uma dessas Estações.

04 dezembro 2010

Fábulas FABULOSAS (#001)

Por Millôr Fernandes
 
Chorando e mais chorando o filho chegou junto do pobre e magro pai: 
- Tô com a fome, pai! Tô com a fome!!" 
O pai ergueu sua face magra de barba rala, bateu culpadamente na cabeça do filho e disse com os olhos marejados: 
- Pede, meu filho, pede. Que é que você quer comer? Mesmo que seja o cavalo de São Jorge ou o Dragão da Maldade, eu mato pra você comer. O sertanejo é antes de tudo um forte.
- Não, pai, não quero nada disso. - respondeu o filho. 
- Não preciso de vosso hediondo esforço, inaudito risco ou insólito sacrifício. Eu quero só feijão, rapadura e farinha pra mode eu matar minha fome.
- Filhos, filhos! - queixou-se o pai amargurado. 
- Só pedem o impossível!
 
MORAL: HÁ UM LIMITE ATÉ PARA O MÍNIMO

03 dezembro 2010

Entre ASPAS (#045)

No Rio se mata. Na Amazônia se desmata. E assim finalmente chegamos ao verdadeiro Equilíbrio Sustentável.

Millôr Fernandes, jornalista e escritor brasileiro.

01 dezembro 2010

Notícia do DIA (#010)


E a novela "Abestados São Vocês!!" parece ter tido um fim.

Contador de DINHEIROS

Cliente vai ao Banco do Cazaquistão fazer um depósito. No caixa, ela retira um pacote volumoso e entrega ao funcionário dizendo:
- Quero depositar tudo na poupança!
- Pois não senhora. Quanto tem aqui?
- R$ 20 mil.
- Ok.
O jovem Caixa começa a contagem do numerário. Dois minutos depois, já terminando a contagem ele confirma com a cliente:
- R$ 20 mil senhora?
- Isso. São 20 mil dinheiros.
Ele conclui a contagem e informa a cliente que já coxilava no encosto do guinchê:
- Senhora, aqui só tem R$ 19.750,00.
- Como? Não moço,  tem R$ 20 mil. Eu mesma contei duas vezes.
Ele dá de ombros e reinicia a contagem. Segunda contagem concluída, ele repete:
- Senhora, aqui só tem R$ 19.750,00.
Ela faz cara de burro quando foge e obriga o funcionário a contar uma terceira vez. Ainda na metade da contagem, ela interrompe o miserável dizendo:
- Ah homi, lembrei que tem R$ 250,00 de moedas aqui na bolsa. Pegue!!
Ainda bem que coração de Caixa é como Floresta, sempre cabe mais uma Anta!!
***

30 novembro 2010

Ipsis LITTERIS (#005)

Viver ou Juntar dinheiro?

[*] Por MAX GEHRINGER 

          Li em uma revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. Aprendi, por exemplo, que se tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, nos últimos quarenta anos, teria economizado 30mil reais. Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês, 12 mil reais. Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas. Para minha surpresa, descobri que hoje poderia estar milionário. Bastaria não ter tomado as caipirinhas que tomei, não ter feito muitas viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que comprei. Principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis.

         Ao concluir os cálculos, percebi que hoje poderia ter quase 500 mil reais na minha conta bancária. É claro que não tenho este dinheiro. Mas, se tivesse, sabe o que este dinheiro me permitiria fazer? Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar em itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que quisesse e tomar cafezinhos à vontade. Por isso, me sinto muito feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro por prazer e com prazer. E recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que fiz. Caso contrário, chegarão aos 61 anos com uma montanha de dinheiro, mas sem ter vivido a vida. Qual é a verdadeira moral da história?


       "Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO"

        QUE TAL UM CAFEZINHO?  

28 novembro 2010

Entre ASPAS

Uma pitada de demência e boçalidade, duas colheres de rapariga, uma porção de música ruim e muita cerveja polvilhada com bastante mijo. 
Sebastian Pitombeiras, blog Las Pitombas, respondendo a genial pergunta: Qual é a verdadeira magia do Carnatal?

27 novembro 2010

Jogo PORRINHA e agora FUTEBOL

Na última quinta-feira, a convite de um amigo, participei de um amistoso (vulgo pelada) entre colegas de trabalho. Antes que alguém me pergunte, SIM eu já tinha jogado futebol. Minha posição? Bem,  isso já requer uma pesquisa mais aprofundada sobre a questão. Esquecendo um pouco os detalhes técnicos da partida, confesso que o reencontro com a bola me trouxeram ótimas lembranças. Havia pelo menos 15 anos que eu não chutava uma bola de futebol. 

Reza lenda que até fui bem na partida. Cai pouco, errei poucos passes, perdi alguns gols e até chutei uma bola na trave!! Nada que um aspirante a aspirante de jogador de futebol já não tenha feito. Nosso time tinha ótimos pernas de paus, todos deram o melhor de si, especilamente Joãozinho*, jogador quase profissional,  que teve seu rendimento duramente questionado (principalmente pelos colegas de time) no pós-partida. Aliás, nós perdemos de 2 a 1. 

Considerando aquela máxima que diz "Importante não é vencer e sim competir!", posso dizer que a experiência me trouxe alguns ensinamentos, dentre eles o de que em se tratando de esportes coletivos, não se deve responsabilizar um único jogador pelo fracasso do grupo (o que não significa que a recíproca é verdadeira). Humildade, lealdade, amizade e respeito são virtudes de um bom jogador. Saber perder é tão ou mais importante que saber ganhar. Logo, que venha a revanche meus amigos!!

24 novembro 2010

Pensamento do DIA

"Felicidade é a certeza de que a vida não se passa inutilmente". 

Érico Veríssimo, poeta e escritor brasileiro.

Sobre FESTAS INFANTIS

As festas infantis sempre me atraíram. Não, não é só por causa dos doces,  bolos, salgados, refrigerantes, balões e etc. Na verdade eu gosto do ar de felicidade das crianças, da alegria espotânea, dos presentes amontoados, das músicas ingênuas e do colorido da decoração.  Desde que me entendo de gente, vou a festas infantis. Apesar de ainda não ter filhos, sempre somos convidados para esse tipo de festa. Só esse ano, acho que já fui a mais de cinco.

Acho que tudo isso faz parte de um plano sórdido dos meus amigos para dizer: "Pô, tá na hora de fazer o seu cara!!". Seja isso intencional ou não, tá dando certo. Na última festa que nós fomos, o aniversariante, Pedro, estava fantasiado de palhaço. Sorridente, ele parece que sabia que tudo aquilo tinha sido feito para ele. Era como se fosse o Dia do Pedro. E era mesmo.  Que as festas infantis nunca acabem, que doces nunca se tornem amargos e que os sorrisos das crianças durem para sempre.

Até o ano que vem pequeno ABCdista!!

23 novembro 2010

Coisas QUE APRENDI com meu EX-CHEFE

1) Quando você tiver uma adversidade no trabalho, pare, respire e tente resolver com tranquilidade. Não adianta bancar a bichona ofendida e esperar que os outros resolvam o problema pra você. O problema é seu, logo, deixe de ser fresco e resolva você mesmo;
2) Que centavos é dinheiro do mesmo jeito e devem ser igualmente pagos, principalmente se forem de cheques de proventos oriundos de uma Prefeitura;
3) Que um chefe pode ser bacana, amigo, companheiro, mas se você caga o pau no trabalho, sim, ele vai lhe dar uma comida de rabo do mesmo jeito;
4)  Que a Heineken é melhor que a Original, que é melhor que a Skol, que é melhor do que qualquer outra bosta que eu já tenha bebido. Ah, que também não se coloca maionese em pizza;
5) Que pra ser irmão, não precisa ser parente;
6) Que algumas portas de banheiros simplismente não precisam ser fechadas. Que  nessas horas, é preciso controlar o pânico e o medo sem motivo;
7) Que na vida você precisa ter foco.  Mesmo que você não queira passar o resto da sua vida naquele emprego, você tem que garantir sua empregabilidade. Logo, se prepare e estude sempre;
8) Que ponto eletrônico é coisa séria e dinheiro contado errado é sinônimo de diferença no caixa. E quando se é caixa, diferença é sinônimo de salário menor;
9) Que duas pernas embaixo de um guinchê de caixa, DEFINITIVAMENTE não representam NECESSARIAMENTE as pernas de um bandido saído de um túnel;
10) Que não importa quantos anos você tem. Importa é a quantidade de experiências que você teve na vida. E se algum dia alguém lhe disser que você não consegue, duvide e prove o contrário.


BOA SORTE CHEFE !!! 
CONTINUE VOANDO!!

22 novembro 2010

SALVE o mais QUERIDO!!





"CLUBE DO POVO"

ABC clube do povo
Campeão das multidões
Serás sempre o mais querido
Pelos nossos corações

Eu me orgulho ser da terra potiguar
Quando vou para o gramado
Ver o ABC jogar

É bola pra aqui
É bola pra lá
A turma joga com classe
E com raça pra ganhar
O adversário fica no campo perdido
Salve, o mais querido

Salve, o mais querido
Salve, o mais querido
Salve, o mais querido

21 novembro 2010

18 novembro 2010

De CONVITE

Sarau Fotográfico no Mercado de Petrópolis

O intercâmbio cultural entre os fotógrafos potiguares é cada vez mais intenso. No próximo sábado, a Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto) reúne amigos, associados, simpatizantes e fotógrafos em geral para a realização da 5ª edição do “Sarau Fotográfico”, que será realizado no Mercado de Petrópolis, a partir das 11 horas da manhã.

Regado num clima de confraternização, haverá o lançamento das camisetas da Aphoto com novos designers e exposição coletiva “Varal Fotográfico” (as pessoas trazem suas fotos para ser penduradas no varal). O Box 38 da entidade ficará aberto para receber doações de livros e revistas de fotografia para serem socializadas com outros fotógrafos.

SERVIÇO
O que? Sarau Fotográfico da Aphoto
Onde? Mercado de Petrópolis
Quando? Sábado, 20 de novembro
Que horas? A partir das 11 horas da manhã
Traga sua fotografia e toda sua alegria

*-*-*

I SEMANA POTIGUAR DE FOTOGRAFIA
Se você quiser participar da exposição fotográfica “Coletivo Aphoto”, que acontecerá durante a I Semana Potiguar de Fotografia”, no Palácio da Cultura (antigo palácio do governo do RN), separe até CINCO fotos em alta resolução (CD), para que a organização do evento possa ampliar em tamanho 30 x 40, e deixe no Practical Cursos até sexta-feira. Coloque seu nome nas fotos para identificar a autoria.

Mais informações com Alex Gurgel
84 8896-5436

*-*-*

EXPEDIÇÃO FOTOGRÁFICA MACAU
O micro-ônibus que vai levar os fotógrafos aventureiros para Macau já lotou suas poltronas. Porém, há 8 pessoas que fizeram reservas na esperança que alguém desista. Se outras 7 pessoas decidirem viajar para Macau, vamos formar uma lotação de uma besta e seguiremos o micro-ônibus. Os interessados devem entrar em contato com Galiléia, no telefone 3211-5436.

17 novembro 2010

Jornalismo MISERÁVEL


       

Qualquer miserável é comentarista de telejornal !!! Ê Brasil !!!

Poesia POTIGUAR

Receita para escrever sonetos


Para escrever um poema bem cabeça,
desses que o leitor faz que entende e não entende
pê ene (aliás, nem você compreende),
escreva com desdém e muito tédio e desça

o verbo (vê lá: com desdém) em quem pareça
só saber escrever com start, middle & end.
Você, não. Você é do tal que não se rende
nunca a qualquer inspiraçãozinha besta.

Cite um poeta esquecido (é mão na roda!).
O leitor vai dizer: rapaz, o cara é foda!
"Eu sou a última Coca-Cola do deserto!",

(você vai se achar). Depois (sempre com desdém),
diga ao leitor: que é isso, meu brother!, nem vem!
Ah! concisão é a palavra. Fique esperto. 

 Antoniel Campos - Pau dos Ferros-RN

16 novembro 2010

Bizarrice da SEMANA (#016)


1.   É Aqui que é Aqui
2.   Bota e Tira
3.   Esquentando a Xexênia
4.   Esfrega no Portão
5.   Aaah Lesado
6.   Que Merda é Essa?
7.   Chupa com Halls Preta
8.   Devoradora de Boyzinho
9.   Peido Azedo
10. Uso Sabonete Senador
11. Chibata Mole
12. Como Peixe e Arroto Bode

15 novembro 2010

Ipsis LITTERIS (#004)


Sobre cartões postais, modernidades e perfumes



 Por Bony Inoue [*]


            Confesso que nem sempre consigo diferenciar o aconxego do carinho verdadeiro, da solidão do carinho virtual, desses que nos mandam via scrap do Orkut.
            Notei recentemente que ninguém mais te liga pra saber se você está bem, pra desejar feliz aniversário, ou pra combinar uma pizza. É tudo via Orkut, Twitter, Facebook e outras "mesas de bar virtuais". Cartas para um amigo nem pensar!
            Quando vejo cartões postais a venda, me pergunto pra quê servem...aí me vem um estalo, e eu acabo lembrando que antigamente, quando agente era criança ( e o mundo definitivamente era mais alegre e verdadeiro), as pessoas mandavam cartões postais como lembrança. Os cartões postais chegavam antes do emitente, e agente costumava ficar sentado na sala, olhando pra foto do postal, maravilhado com a possibilidade do mundo ser tão grande. Hoje ele ficou tão pequeno...
            A internet encurtou distâncias, e destruiu o charme de coisinhas como cartões postais, fitinhas do Bonfim e chaveiros de osso de baleia. Lembra daquele tempo em que o seu cachorro comia os restos do jantar? E ele nem morria...acho até que era mais feliz...
           Antigamente, quando você queria um perfume francês, haviam duas formas: ou você ia até a França comprar, ou você comprava daquela muambeira amiga da sua mãe, que trazia uns perfumes franceses com um leve sotaque guaraní...hoje chovem sites com troços, e a tal muambeira se aposentou para sempre. Coisas da modernidade...
           Ê saudade do picolé mini-saia (dois sabores), do Viva o Gordo e do carrinho de rolimã. Ê saudade do tempo em que agente tratava gente, como se fosse gente!


[*] Bancário, blogueiro e saudosita roxo. 

13 novembro 2010

Devaneios COTIDIANOS (#001)

Tudo o que acontece, acontece.
Tudo o que, ao acontecer, faz com que outra coisa aconteça, 
faz com que outra coisa aconteça.
Tudo o que, ao acontecer, 
faz com que ela mesma aconteça de novo,
acontece de novo.
Isso, contudo, não acontece necessariamente em ordem cronológica.


Douglas Adams, no prefácio de "Praticamente Inofensiva", do 5o livro da "trilogia" "O Guia do Mochileiro das Galáxias". Texto sorrateiramente copiado do Ciência e Devaneios do professor e amigo Judson Gurgel.

Entre ASPAS

Tenho uma quedinha por pobres, especialmente os bancários. 

Fani, ex-BBB e capa da Playboy de novembro em entrevista a Globo.com 

12 novembro 2010

Piadas INFÂMES (#053)

Um torcedor do América-RN andava cabisbaixo pela rua quando sem querer chutou uma lâmpada que mais parecia uma chaleira de tão feia. Eis que surge um gênio de dentro da lâmpada e a ele se dirige dizendo:
- Ok mala-sem-alça de gosto duvidoso, você tem um pedido.
O americano mais surpreso que corno de primeira viagem pergunta:
- Oxe, mas não eram três?
- Pra gente sem noção é só um mermo. Bora, desembuxa!!
O miserável pensa rápido e faz o pedido:
- Tem como você ressucitar minha velha mãezinha? Sinto tanta a falta dela.
- Como? Isso não vai dar!! Sou só um gênio e não Jesus Cristo!! Você tem outra chance!!
O cabra pensou rápido, deu de ombros e propôs ao gênio:
- Beleza, então faça com que o América não caia pra série C!!!
O gênio injuriado imediatamente responde:
- Quem é mesmo que você quer que eu ressucite?

11 novembro 2010

Rapadura NEWS (#018)

 Tiririca é aprovado no exame do TRE-SP e já pensa em fazer ENEM.


Em Mossoró boyzinho cai da bicicleta depois de desviar um calango.

No Acari Maravilhoso, novo fruto renova as esperanças das solteironas

10 novembro 2010

Sobre XENOFOBIA, sulistas e BLÁ-BLÁ-BLÁ

Passadas as eleições e a vitória de Dilma para presidente, o que se viu na internet esses dias,  foi um enxame de declarações preconceituosas dirijidas a nós, nordestinos ou nortistas como eles (os sulistas) preferem nos designar. O fato é que uma minoria (eu acho) se diz indignada pelo fato de Dilma ter sido eleita e que o Nordeste teve grande participação nisso. Esqueçamos as propostas do candidatos, as promessas, a militância e vamos raciocinar no âmbito histórico e social da coisa.

Não é de hoje que essa divisão entre sulistas e nortistas existe. Basta lembrar o que disse certa vez Lulu Santos: "O Nordeste é o atraso do Brasil!!". Massa, ele dá o cú e nem por isso a gente fica emitindo opinião a respeito de quem é adepto da prática. O fato é que a idéia é sempre a de que Nordestino é filho da puta, tem a cabeça chata, é paraíba e só serve de burro de carga. Eles esquecem porém, que foi graças aos nordestinos que com trabalho duro, sangue, suor e lágrimas, ergueram cidades como São Paulo, BH e Brasília e as transformaram nas metrópoles que aí estão.

Se somos culpados por eleger Dilma, o que dizer deles que elegeram Tiririca?!  Um genuíno nordestino cabeça chata? Não quero aqui generalizar e dizer que todo sulista-paulista é xenófobo e/ou preconceituoso, apenas acho leviana as coisas que vemos/ouvimos/lemos por ai a cerca de nosso já tão sofrido povo nordestino. Se somos atrasados é graças as administrações corruptas dos gestores "sulistas" cuja ganância e a sede de poder, subjulgaram a grande massa nordestina e nos condenaram ao atraso eterno.

O velho Lula (Luis Gonzaga) deve estar se estribuxando além túmulo tamanha a  impáfia e ingratidão sulista. Logo ele que traduzia tão sabiamente, a miscigenação brasileira através de seus xotes e do baião, dançado e cantado até hoje muitas vezes até pelos sulistas. Sim, é lamentável tudo isso. É lamentável dividir ao invés de somar. É lamentável perdermos tempo discutindo coisas sem sentido. Se somos nordestinos e/ou sulistas, não importa. O que importa é que somos principalmente brasileiros.  E ponto.

Entre ASPAS (#045)

O Brasil podia ser dividido em Atrasados Retardados do Norte Nordeste e nós do Sul. Daí eles ficariam com a Dilma só para eles. #orgulhodesernordestino

Bruno Henrique, paulista filho da puta, xenófobo e escroto em seu Twitter.



Charge do DIA (#010)


Fonte: Sorriso Pensante